Dicas de recrutamento e seleção

07/12/2020

1. Se coloque no lugar do candidato. Você gostaria que uma pessoa que te ligou e marcou um horário com você desconsiderasse o combinado? Ou que ela sumisse no mundo sem te avisar se você foi selecionado ou não? Além disso, se os candidatos precisarem ficar a tarde inteira fazendo testes e atividades, lembre-se de que terão sede e fome.

2. Defina com clareza os seus objetivos com o processo seletivo (perfil, exigências, valores, propósito da posição, salário, etc.) e qual o perfil que você deseja encontrar. Se o gestor da vaga não está alinhado a essas informações, não inicie o processo, pois você terá retrabalho!

3. Use os canais de comunicação e uma linguagem que se aproxime dos seus candidatos. Vocês precisam se sentir à vontade um com o outro, e você ainda pode mostrar um pouco da cultura da empresa. Evite jargões técnicos ou linguagem específica do negócio, pois isso deixa o candidato se sentindo um "peixe fora d´água".

4. Mantenha uma comunicação criativa constate com os candidatos. Se o processo ou uma etapa demorar mais que o previsto, não hesite em explicar isso aos candidatos. Atrasos e imprevistos ocorrem, mas é importante ser transparente e respeitar o tempo do outro.

5. Preocupe-se em ser claro com relação às informações passadas. Dê abertura para que os candidatos lhe procurem sempre que sentirem necessidade. Eles precisam tirar todas as possíveis dúvidas durante o processo.

6. Envolva outras pessoas no processo além do RH e da equipe da vaga. É importante contratar para a empresa e não apenas para uma equipe em específico. Envolver pessoas que vão se relacionar com o novo funcionário vai facilitar muito o processo de alinhamento aos valores e a adaptação do novato.

7. Pegue feedbacks constantemente. Sempre há o que melhorar e a gente só descobre como escutando quem passou pelo processo de recrutamento e seleção.

8. Dê feedbacks para todos os candidatos, mesmo os que não passaram no processo seletivo.

9. Criar atividades e etapas que sejam interessantes para o candidato (ex: dojo e dinâmicas que se aproximam ao que ele irá fazer no dia a dia), para que ele, mesmo não sendo selecionado, sinta que aproveitou bem aquele tempo investido no processo seletivo.

Lembre-se sempre que o candidato quer aproveitar ao máximo os momentos de contato com você e considerar que valeu a pena.

E tudo isso precisa estar alinhado à sua cultura, valores, objetivos e forma de ser e trabalhar.

Tem que ter a cara da sua empresa!

Longe de falar de verdades absolutas, gostaria de mostrar o quanto o processo seletivo deve ser tratado com seriedade, pois sua empresa é o espelho de quem você contrata!

E acredite: proporcionando aos candidatos uma experiência que valha a pena ser lembrada, pode ter certeza de que você terá conquistado novos seguidores!

Fonte: take.net